Porto Alegre, 22 de Maio de 2018   








Acessos em 2018
23168





Departamento de Tecnologia da Informação - Tecnologia a serviço do interesse público

O Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) da Assembleia Legislativa desenvolve uma série de projetos e ações planejadas para garantir serviços de qualidade, melhorando o desempenho das atividades parlamentares e administrativas. Entre elas estão novos computadores, sistemas de segurança de informação e permanente atualização em novas tecnologias.

"A Tecnologia da Informação desempenha um papel fundamental nas instituições públicas. Uma ferramenta que amplia a eficiência, eficácia e, particularmente no caso do parlamento, também a transparência", destaca o Superintendente Administrativo e Financeiro, Marcelo Cardona.

O departamento busca continuamente novas soluções e tecnologias que promovam melhorias nas diversas atividades da Casa, sempre avaliando o custo x benefício, critério importante em um órgão público, observa Cardona. Nesta lógica, um conjunto de projetos estão em andamento para trazer benefícios a todos os usuários, seguindo as diretrizes estabelecidas no Plano Diretor de Informática (PDI) para o período de 2007 a 2011, possibilitando medidas de médio e longo prazo, permitindo aplicação planejada das ações para o setor.

O DTI presta serviços de suporte técnico, desenvolvimento e manutenção de sistemas informatizados e manutenção da infra-estrutura de rede de computadores e vídeo. Também desenvolve projetos de modernização tecnológica ou para atender demandas específicas.

Segurança e eficiência

Em 2008 foram mais de 22 mil atendimentos, com média geral de 85% dos chamados resolvidas em menos de um dia, informa o diretor do DTI, Edgar Meneghetti . Outros serviços prestados pelo departamento são menos perceptíveis, mas igualmente estratégicos e com um índice de disponibilidade acima de 99%. Entre eles, serviços como correio eletrônico, intranet, acesso a Internet, sistemas, rede interna e acesso aos arquivos de trabalho, além de cópias de segurança diárias dos principais equipamentos da rede. O departamento salva duas vezes por dia o sistema "paleno" e armazena estes dados por dois anos em sala cofre.

Renovação de computadores

Está em andamento a substituição de 411 máquinas antigas e defasadas. O processo de recebimento e instalação dos computadores novos iniciou em abril e deve ser concluído em junho conforme cronograma apresentado à Mesa Diretora. Esta substituição é uma reivindicação antiga e traz benefícios diretos aos usuários. "A renovação do parque tecnológico é um processo contínuo, esperamos continuar substituindo equipamentos que tenham atingido o final de sua vida útil", estima o diretor da área.

Novas tecnologias

Nos projetos de busca por novas tecnologias, está em teste um projeto para implantação de Voz sobre IP (VoIP) nas dependências da Assembléia Legislativa. Trata-se de um passo importante para integrar as diversas tecnologias de comunicação existentes, a chamada convergência digital.

Para exemplificar, quando completamente implantado, será possível possuir um telefone celular atuando como um ramal interno, sempre que o aparelho estiver nas dependências da Alergs, sem utilizar os serviços da operadora de telefonia móvel, e com custo zero quando as ligações forem efetuadas entre aparelhos atuando como ramais internos.

Outro exemplo prático é a possibilidade de implementar uma secretária eletrônica que recebe o recado e envia este pelo correio eletrônico. A gama de possibilidades de configuração da central e dos terminais telefônicos é enorme, o que possibilitará melhorias neste meio de comunicação fundamental no cotidiano de todos. O piloto está sendo implementado na Ouvidoria, prédio do Memorial do Legislativo e central de atendimento do DTI.

Aprimoramento constante

Além da manutenção dos sistemas já existentes para atender o parlamento, o DTI, em consonância com os projetos da atual administração, tem buscado soluções de sistemas adotados em outros órgãos públicos. Entre eles está o software livre. Já foram identificados algun